Pastorais Uncategorized

Mantenha a Verdade Pela Fé

“Pelo que o direito se retirou, e a justiça se pôs de longe; porque a verdade anda tropeçando pelas praças, e a retidão não pode entrar. Sim, a verdade sumiu, e quem se desvia do mal é tratado como presa. O SENHOR viu isso e desaprovou o não haver justiça.”
Isaías 59.14,15

No texto de Isaías 59, em uma confissão que relata a erosão social, política e religiosa da nação de Israel, o profeta justifica a destruição que veio através dos babilônios. Em primeiro lugar aprendemos que, por mandato do Senhor, o profeta revela que o tropeço da verdade atrapalha a entrada da justiça, mais do que isto, ele nos diz que o desaparecimento da verdade faz com que a justiça bata em retirada e permaneça distante. O profeta revela que o desaparecimento da verdade faz com que aqueles que se desviam do mal sejam tratados como presa. Esta palavra do profeta é a mais plena verdade, pois numa sociedade em que o mal é tratado como se fosse bem, os verdadeiros cidadãos de bem se tornam reféns. Muitas vezes acabam se isolando, retirando-se da realidade e não envolvendo-se com a vida pública da nação.

Vemos isso acontecendo em nossas igrejas históricas que, ao contemplar tanta desordem na sociedade, tendem a afastar-se em seus guetos eclesiásticos, somente esperando o regresso do Senhor. Assim, deixam de ser sal da terra e luz do mundo e tornam-se presas da injustiça. Contudo, não podemos nos abater frente as lutas do nosso tempo, pelo contrário, temos que pregar a Palavra do Senhor, pois a transformação será iniciada enquanto proclamarmos a Verdade com intrepidez e amor, pois a esperança do nosso povo está na transformação que vem pela Palavra de Deus.

Em segundo lugar aprendemos que, o profeta Isaías no texto citado, nos elucida que o desaparecimento da verdade, que leva à fuga da justiça, traz sobre o povo a reprovação de Deus. Foi isto o que aconteceu com os judeus dos dias de Isaías. Porém, conforme temos visto, este fato acontece também em nossa sociedade. O apóstolo Paulo nos revela no capítulo 1 da carta aos Romanos que, quando Deus está irado com a humanidade, permite que esta seja entregue à sua própria sorte. Isto é o que temos visto em nossa nação, pessoas chamando a mentira de verdade, pessoas pervertendo a sexualidade natural, assassinatos de crianças nos ventres de suas mães, denominando-se tais homicídios como liberdade de escolha, a mentira é tratada como se fosse verdade e os que deveriam zelar pela lei, favorecem a criminalidade. Se olharmos com os óculos das Sagradas Escrituras, temos que afirmar incisivamente que a nossa sociedade se encontra debaixo da ira de Deus. Tais fatos, deveriam encher o nosso coração de perplexidade e deveriam mover-nos a prostrar os nossos joelhos, para que o Senhor tenha compaixão de nós e da sociedade na qual estão sendo criados os nossos filhos. A Igreja deve lutar para que a verdade da Palavra de Deus permaneça de pé, nesses dias turbulentos.

Em terceiro lugar, concluímos que, para que a justiça de Deus se estabeleça em nossa sociedade, primeiramente ela precisa ser estabelecida nos corações. Para que a justiça conquistada por Cristo seja imputada sobre os pecadores é necessário que eles creiam em Cristo Jesus, como o único Mediador entre Deus e os homens. Para que a justiça venha é mister que homens creiam no sacrifício vicário do Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. É somente pela fé naquele que é a Verdade, que a justiça cobrirá os corações, pela proclamação da Verdade, a justiça virá à nação e a sociedade. Por isso, mantenha a Verdade de pé!

Portanto, a tarefa impostergável, inalienável e ineludível da Igreja é pregar o Evangelho da Verdade e orar por este país! Para que vejamos a justiça de Deus sendo imputada aos corações, para que pecadores sejam salvos, para que a justiça se estabeleça em nossa terra, oremos intensamente e preguemos incisivamente que “Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha vida eterna”!

Que o Senhor nos abençoe no cumprimento da missão!

Rev. Rosther Guimarães Lopes

0 comentário em “Mantenha a Verdade Pela Fé

Deixe uma resposta